segunda-feira, fevereiro 11, 2008

"Malmequer, Bem-me-quer"

Vou sempre olhar-te assim como se pudesse ter-te para sempre só para mim. Vou sempre querer-te bem perto, abraçar-te quando tudo estiver a correr mal. Vou sempre desejar o teu toque apenas para imaginar que tudo pode correr bem. Apesar de saber que nunca te poderei tocar (aliás isso seria o fim de nós dois). Vou sempre ter-te. Beijar-te às escondidas na escuridão do meu pensamento. Vou sempre entrelaçar com força e carinho as minhas mãos atrás das costas, só para imaginar que uma delas é a tua. E apesar de sempre sabermos que nada disto se vai concretizar de verdade, num mundo real de tons escuros, tu farás exactamente o mesmo, com um sorriso nos lábios, porque também o sentes dentro de ti.

2 comentários:

João disse...

Entraste por mim adentro agora – com que direito? – e nem sequer tenho já uma fotografia tua. Alguma vez tive? Depois de ti veio uma Morte. Não foi uma morte daquelas que chegam e se instalam sem te dares conta que és infeliz. Foi mais uma doença crónica, daquelas que eliminado o teu gosto pela vida te transformam num cínico e mais tarde ou mais cedo terminam com um suicídio. Será hoje o dia da minha morte (tirar a minha vida sempre me pareceu o mais lógico)? Nunca mais fui capaz de amar alguém!
Naqueles dias em que um sol desperta no meu peito e em que quero chorar por cada sorriso que vejo, digo a mim mesmo que o destino se encarregará de nos colocar frente a frente. Gosto de imaginar que a abstracção que és hoje tomará corpo numa qualque mulher da rua. JMC

Anônimo disse...

Impossível, é ser estúpido ao ponto de não (querer) viver este amor;
Impossível, é tentar descrever o que sinto por ti;
Impossível, é conter-me quando estou junto a ti;
Impossível, é pensar em ti e não sorrir;
Impossível, é pensar em ti e não sentir a respiração a acelerar;
Impossível, é não olhar o céu sempre que estou fora;
Impossível, é estar muito tempo sem te procurar na lua;
Impossível, é não estar constantemente a pensar em ti e em nós;
Impossível, é segurar este sentimento que só cresce, cresce e cresce e CRESCE em mim;
Impossíveis?

Nós não somos impossíveis.
Nós tornamos o impossível possível.
Nós fazemos o escuro brilhar,
Nós fazemos as trevas luminosas,
Nós somos muito mais que aquilo que imaginamos.

E eu, que para nós desejei uma história bonita,
Tenho a certeza que ela assim será,
Porque eu sei,
Eu sinto,
Eu vivo,
Eu sou,
A vontade de te ter,
A vontade de contigo estar,
A vontade de te abraçar,
Com gestos, com beijos, com palavras,
A vontade de seguir,
A vontade de fazer,
Sempre,
Cada vez mais,
Sob todas as formas e sentidos.

Eu,
Que te quero levar comigo,
Que te quero mostrar lugares,
Que te quero dar sensações, sentires,
Experiências até à data sem igual,
Também eu vivo a diferença,
Pois ao teu lado,
Ao teu lado tudo é diferente,
A luz tem outra intensidade,
A cor tem outros tons,
O som é mais límpido e nítido,
Os cheiros são mais puros,
E o cheiro da tua pele,
O cheiro de ti,
Em mim,
Espalhado sobre mim,
No olfacto,
Na roupa,
No corpo,
Na alma,
Eleva-me,
Faz-me querer ser sempre mais,
Faz-me querer ter sempre mais de ti,
Faz-me ser Maior,
Maior do que eu próprio,
Maior do nós dois juntos,
Maior do que a nossa longevidade ou mesmo a eternidade