terça-feira, outubro 21, 2008

Porque será que aquece por dentro, faz sorrir e deixa esta sensação de alívio, apercebermo-nos das fortes crenças e feitos de outrem? O meu professor chamar-lhe-ia um processo de interpassividade, um desejo de desresponsabilização. É bem possível. Seja o que for, deixa um leve (e tantas vezes breve) rasto de força e esperança. Sabe bem.


Fado do Encontro

"Vou andando
Cantando
Tenho o sol à minha frente
Tão quente, brilhante
Sinto o fogo à flor da pele
Tão quente, beijando
Como se fosses tu

Ao longe,
Distante,
Fica o mar no horizonte
É nele, por certo
Onde a tua alma se esconde
Carente, esperando
Esse mar és tu

Pode a noite ter outra cor
Pode o vento ser mais frio
Pode a lua subir no céu
Eu já vou descendo o rio...

Na foz
Revolta
Fecho os olhos penso em ti
Tão perto
Que desperto
Há uma alma à minha frente tão quente,
Beijando
Por certo que és tu

Pode a lua subir no céu
E as nuvens a noite toldar
Pode o escuro ser como breu
Acabei por t'encontrar

Vou andando
Cantando
Tive o sol à minha frente
Tão quente brilhando
Que a saudade me deixou
Pra sempre, por certo
O meu Amor és tu. "

5 comentários:

Anônimo disse...

nunca morre uma esperança de amor.ela acalenta os nossos dias.aonde quer que a gente for .os nossos mais profundos desejos.um dia se realizarao.e enchera a nossa vida de encanto.trazendo por fim uma nova emoçao.enquanto isso fiquemos com a imaginaçao.ela e fertil,é encantadora,e embala o meu e o teu coraçao.tenho a esperança de encontra lo.tenho desejos de o beijar de entregar lhe o meu amor e por fim ama lo.espera tou indo para os teus braços.te entregarei todo o meu amor.te levarei a um mundo de sonhos .
Irei contigo onde tu fores...

Ana Margarida Pinheiro disse...

Algures em mim gostava dessa música... Agora vejo apenas o esvanecer de uma sensação que foi embora.
E olha, "vou andando...cantando"

Ana Filipa Pinto disse...

Aulas que fazem pensar... Os outros são muitas vezes refúgios onde nos escondemos de nós mesmos, predadores do nosso próprio eu. Neles depositamos o que em nós ocupa espaço, faz peso. Neles somos muitas vezes, o que em nós nos esquecemos de ser.

A minha Mané é a maior! =)

Suzy * disse...

Meu amor sabes como esta musica me faz lembrar de ti, de nós :)


[ Saudade...esta palavra portuguesa tantas vezes utilizada por nós! ]


Love U * (:

Anônimo disse...

You Picked Me
A Fine Frenzy

One, two, three
Counting out the signs we see
The tall buildings
Fading in the distance
Only dots on a map
Four, five, six
The two of us a perfect fit
You're all mine, all mine

And all I can say
Is you blow me away

Like an apple on a tree
Hiding out behind the leaves
I was difficult to reach
But you picked me
Like a shell upon a beach
Just another pretty piece
I was difficult to see
But you picked me
Yeah you picked me

So softly
Rain against the windows
And the strong coffee
Warming up my fingers
In this fisherman's house
You got me
Searched the sand
And climbed the tree
And brought me back down

And all I can say
Is you blow me away

Like an apple on a tree
Hiding out behind the leaves
I was difficult to reach
But you picked me
Like a shell upon a beach
Just another pretty piece
I was difficult to see
But you picked me
Yeah you picked me


*