terça-feira, maio 16, 2006

E nasceu o blog. Mais do que nunca fundado na esperança, banhado de alegria, respingado de sorrisos. Os pensamentos, tormentos e ilusões todos eles diluídos nas palavras, que passam tudo com outra intensidade. Já pensaram que as palavras não impõem limites? Baseiam-se na rebeldia de deixar o leitor ter a sua interpretação da tese exposta ou então de lhe dar asas à imaginação e transportá-lo para outro mundo, concerteza melhor.
Podem descrever, podem dramatizar, transpor para o romantismo ou arrancar-nos da realidade, mas acima de tudo, estas (aparentemente) inocentes, frágeis palavras, devidamente encaminhadas do fundo do coração, podem mobilizar pessoas, até o mundo.

3 comentários:

Anônimo disse...

A única alegria neste mundo é a de começar. É belo viver, porque viver é começar, sempre, a cada instante. Quando esta sensação desapaece - prisão, doença, hábito, estupidez - deseja-se morrer.

Cesare Pavese, in 'O Ofício de Viver'

Bom dia!

Anônimo disse...

Super color scheme, I like it! Keep up the good work. Thanks for sharing this wonderful site with us.
»

Anônimo disse...

Hmm I love the idea behind this website, very unique.
»