quarta-feira, abril 14, 2010

inventário aleatório e impulsivo das pequenas coisas que gosto nas pessoas que conheço

Gosto do sorriso com covinhas do Tomás e da maneira como a Su se senta nas cadeiras dos cafés e da maneira como o Carlos mexe no cabelo quando tem sono e da cara de envergonhado fingido quando chamo o antoninho e das piadas (sem graça alguma) do tomás grande e da maneira como a tania diz o meu nome num tom carregado à norte que só me apetece agarrá-la e da carinha da mé a cantar (direitinho) a nova música do jorge palma e da ritinha e do quanto rimos juntas e dessa maneira decidida de ser da inês e da maneira como a margarida reinventa, convicta, o seu plano de vida (todos os dias) e da tentativa de cara séria do joão e do sorriso enorme e contagiante da meluxa e da maneira de falar baixinho do luisinho (luisão) e o cabelo/barba em constante transformação do zé e da maneira de dizer coisas sem pudor da marguerite e das perninhas sempre a dançar do manelo e dos discursos convincentes da ana e da crista da alicinha e do netto que é ao mesmo tempo tão grande e tão pequenino e do benjamim que é quase um homem e da casa da guga e de vê-la de manhã na cozina de camisa de noite branca a tomar café e das conversas sobre o mundo e a vida com o jaime e da maneira de dançar da gaby (que nunca pára) e do cabelo grosso da sandrinha que na altura me fascinava tanto e da maneira daquele joão falar sobre o zizek e da maneira de andar passo a passo decidido do tio tozé com as mãos entrelaçadas atrás das costas e da maneira engraçada de falar da babi e do olhar da raquel e do filips e a sua mota e do "bicho" que ultrapassa gerações do tomás ainda maior e da minda que vejo sempre (linda de morrer) antes de dormir e da charlotte que se sente mais brasileira que francesa e da carmelinda que só sintoniza o que quer e os olhinhos pequeninos da joana e dessas gargalhadas que nunca me esqueço do tio fefé.


Outras coisas que gosto para aliviar a carga emocional possivelmente pesada da composição anterior:
1 - a cor do bolo maria guilhermina
2 - o sofá de telheiras
3 - as lojas do carvalhal
4 - a dança da tartaruga
5 - feijoada

3 comentários:

Anônimo disse...

konkentão não gostas de nada em mim?!!! temos de falar!

Anônimo disse...

O sofá de Telheiras já teve melhores dia. Alguém sabiamente dizia: "... não comam no sofá!!!"

M Tech Computers disse...

M Tech Computers

regasds
prabhat