sábado, janeiro 09, 2010

Finalmente, Alice





A Alice já chegou. Quis mesmo nascer no dia a seguir a eu me vir embora... Teimosa, teimosa, que nem a mãe.
Prepara-te para esta família alicinha, é dura de roer.

5 comentários:

João Guilhoto disse...

O teu blog parece uma maternidade :P

Sílvia disse...

Tem graça. Depois de alguns anos sem te ver, sonhei contigo. E foi na noite do dia 9. Talvez adivinhasse...
parabéns
um beijo

Anônimo disse...

Agora que já temos mais uma Alice na família, sei que virei a ser recordada mais facilmente, sempre que algum de (vós) sobrinhos pronunciar o seu nome.
Gostei muito da tua visita e deixas-me saudades.
Xi apertado.

zeartur disse...

Estava eu no chiado, com a Neta, e ela a dizer: só gostava de vr aparecer a gávida com o Carlos. Vou-lhe telefonar!
Do outro lado do telefone a futura mãe disse. Está quase! De amanhã não passa.
Acho que era sexta feira á tarde.
No outro dia... A novidade. Ou Navidad. Tão linda...

Anônimo disse...

"Eu não sei bem quem tu és
Sei que gosto dos teus pés
Do teu olhar atrevido

Tu baralhas-me a razão
Invades-me o coração
E eu ando um pouco perdido

Troco tudo por um beijo
Mais vale morder um desejo
Que ter toda a fama do mundo

Troco tudo por um beijo
Mais vale morder um desejo
Que todo o dinheiro do mundo"


É do Palma (claro!) mas podia ter sido escrito por mim para a minha Alicinha.